segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Paz


Mesmo que não conheças nem o mês nem o lugar
caminha para o mar pelo verão

17 comentários:

oceanus disse...

Fátima,

Boas Festas!

E um Excelente ANo NOvo de 2008, os os desejos sinceros do Oceanus

bjs

avelaneiraflorida disse...

Querida Fátima,

QUE SEJA SEMPRE ASSIM!!!!
Bjkas,AMIGA!!

Tiago R Cardoso disse...

Venho lhe desejar um Feliz Ano de 2008, que seja o realizar de todos os seus desejos.

Tiago

O Sibarita disse...

Ô Fatinha, é isso a paz continuemos lutando por ela...

FELIZ 2008 COM MUITA FÉ, SAÚDE, PAZ, HARMONIA, FELICIDADE, BONDADE, COMPREENSÃO E AMOR AO PRÓXIMO E QUE SE REALIZEM TODOS OS SEUS SONHOS!

Bjs
O Sibarita

amigona avó e a neta princesa disse...

Beijo minha amiga e bom 2008!

papagueno disse...

Ruy Belo está em alta na blogosfera.
Bjks e muita paz.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Eu caminho sempre para o mar porque amo o mar e porque nasci perto do mar. Quando estou muito tempo sem ver o mar fico nostálgica.
Bom ano de 2008 e que este te traga tudo o que desejares.

Oliver Pickwick disse...

Bela foto, bela reflexão. A paz está sempre com você, garota!
Beijos!

multiolhares disse...

Só pelo positivismo
Encontramos o caminho certo

Beijinhos
luna

quintarantino disse...

Bonita a escolha. Das palavras e da imagem.

Permita, entretanto, que em nome do projecto NOTAS SOLTAS agradeça o apoio dado em 2007 e deseje os maiores sucessos ao interessante projecto que aqui mantém.

SOS online disse...

Linda amiga, doce e sensível, se vais fazer a prece para outro que não seja Deus, eu não garanto o resultado. O que passei foi como os Judeus. Garanto que consegues, mas tem que fazer exato, bota uma nota quelquer e não esquece do bilhete. Fale com ELE direto e firme e vais conseguir. Mas tem que passar a mão lá todo dia dlembrando que tu estás esperando o resultado. Temos que agir como criança, naif. Mais uma vez Feliz 2008.
Bjs
Alda

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Fátima, eu caminho sempre em direcção ao mar, mar e + mar é o meu lema.
Beijinhos,
Fernandinha

marias disse...

E é a olhar o mar que encontramos tantas vezes a Paz dentro de nós, para estarmos em paz com os outros e fazermos a paz no mundo.

Beijinhos

O Profeta disse...

...É eterno o caminho do mar...para o mar...


E a viagem começa
Sem rumo nem distância
Serei timoneiro de alva barca
Pelo rumo da tua lembrança

Mar de sonhos mil
Oceano de tanta contradição
A ternura invade o caminho
Que leva ao teu coração


Bom fim de semana


Doce beijo

Vladimir disse...

Eu caminho para ele, sempre.....

OverLove disse...

Oi Fatima! Encontrei vc pelo interesse comum no filme "A insustentável leveza do ser" Vi em seu blog que temos outro comum que é o Mar. Parabéns pelo blog. Sou do Rio de Janeiro e publico alguns textos que escrevo no blog

www.textostentados.blogspot.com

Escrevo sobre temas livres, mas gosto da imagem do mar e da praia. Se puder visite lá e comente se gostar ou não. Pode ir. Bjs. Um exemplo do que escrevo é:

Felicidade Imortal.

Caminharam pela areia ainda morna.
Sentiram os cristais nos pés descalços.
Lembraram o dia de sol quente.
Fecharam os olhos diante do mar.

Pararam para descansar.
Forraram a areia irregular.
Tiraram a roupa de cima.
Deitaram-se lado a lado.

Ficaram em silêncio de suas vozes.
Ouviram o chiado de ondas calmas.
Sentiram a pele quente um do outro.
Alimentaram a felicidade com a beleza da noite.

Desejaram a eternidade do som do mar.
Prolongaram a vontade de não ver o fim.
Beberam, juntos, todos os licores do paraíso.
Perderam o controle sem querer encontrar.

Decantaram os sentidos diluídos.
Voltaram ao ar.

Viram estrelas testemunhas cravadas no céu preto.
Resmungaram as suas manhas profanas.
Enroscaram braços, pernas e bocas.
Caíram em cochilos sem perceber.

Acordaram com a umidade da maresia fria.
Observaram pescadores vigiando linhas esticadas.
Ouviram crianças rindo de brincadeiras inventadas.
Sentiram saudades do quarto, da cama e da proteção.

Voltaram para casa caminhando devagar.
Tomaram banho quente, juntos.
Brincaram com seus corpos molhados.
Secaram-se com tatos mútuos.

Deitaram-se na cama, perfumados.

Cheiraram-se.
Beijaram-se.
Lamberam-se.
Acariciaram-se

Abraçaram-se quietos.
Respiraram um só ar.
Dormiram aquecidos.

Acordaram aconchegados.
Brincaram com o sono.
- Vamos levantar...Um, dois três...Nada.
Seguiram-se alguns cochilos bêbados.

Uma manhã inteira de mel.
Depois de uma noite em calda.

Felicidade em cada instante.
Inesquecível.
Imortal.

ZezinhoMota disse...

Para mim a paz é em qualquer lugar! Mas, a praia realmente é um local de prazer e de "Reflectir".

Bjnhs

ZezinhoMota

http://zezinhomota.blogspot.com
http://poetaremportugues.blogspot.com