sábado, 15 de dezembro de 2007

ENCANTO

A folha de papel,
encanta o pensamento,
de um indivíduo qualquer...

A folha de papel,
reabre o encanto
e as certezas mais firmes...

A folha de papel,
ENCANTA-ME!

Fátima

9 comentários:

FERNANDA & SONETOS disse...

Olá Fátima, passei para deixar-te um abraço de carinho e amizade.
Fernandinha

avelaneiraflorida disse...

E depois consegues um POEMA!!!!

QUE BOM!!!!!
Fico muito feliz com esta tua partilha!!!!!

Bjkas, AMIGA!!!

marias disse...

Se as folhas de papel falessem!...
Quantas são as que vão parar amachucadas a um caixote de lixo qualquer!...
A folha de papel é sem dúvida um encanto!...

É urgente usar a folha de papel!...

É urgente reciclar o papel para que também me encante todas as vezes que vou até à terra onde nasci e não veja a Natureza semi-morta.
Tudo por causa do papel!

Beijinhos grandes e claro que me podes adicionar à tua lista de amigos, já estás na minha que uso no coração.

Alda Inacio disse...

Olá poeta venho dizer-te que as folhas em branco são péticas, as folhas em branco são extremamente sexy, eu acho; como uma atração fatal da qual eu não fujo, muito pelo contrário, elas me hipnotizam.
Gosto do que tu escreves, por isto venho aqui e você é um encanto.
Bjos
Alda

Artur Moura Queirós disse...

As folhas de papel assumem a responsabilidade perpetuarem, com tacto e cheiro os segredos da mente, da alma, do corpo e do coração do mundo e de cada um...:)

Oliver Pickwick disse...

Ei, Fátima, grandes reflexões sobre algo tão singelo e cotidiano, a folha de papel.
Pensa grande, hein garota?
Um beijo, e tenha uma ótima semana!

O Sibarita disse...

Dona moça Fátima, o que seria de todos aqueles que gostam de escrever se nos momentos de inspiração não tivessem uma folha ao menos de papel ao alcance, heim? kkk

Magnífico texto!

bjs
O Sibarita

O Sibarita disse...

Dona moça Fátima, o que seria de todos aqueles que gostam de escrever se nos momentos de inspiração não tivessem uma folha ao menos de papel ao alcance, heim? kkk

Magnífico texto!

bjs
O Sibarita

Artur.S disse...

A folha de papel
é um desafio...
para mim...