quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Namorando com a Natureza

Foto:Olga


Inda o sol mal raiava o céu e já as andorinhas
Bailavam, para cá e para lá, numa orquestra
Bem ritmada acompanhada pelas florzinhas,
Que assim escutavam ao longe a dita palestra.

Sentia-se no ar o olor da primavera reinante,
E conforme ia-se sucedendo o dia os animais
Começaram a sair do seu misterioso palanque,
Onde passaram a noite, entre os vegetais.

Finalmente o dia confirmou-se junto ao Tejo,
E um arco-íris fundiu-se a ele, consoante
Minha vista se ajustava, porque, o que eu vejo,

É um miríade de águas límpidas, a se mostrar,
Louva a deuses e borboletas que, doravante,
Serão parte integrante da natureza a se namorar.

22/04/07

15 comentários:

amigona avó e a neta princesa disse...

Gostei de te conhecer! Voltarei...

papagueno disse...

Sim senhor, muito bucólico :)
Beijocas

SILÊNCIO CULPADO disse...

A poesia nunca é de mais. Ela preenche e ajuda-nos a viver porque torna os sentimentos mais sensíveis.

Crítica e denúncia disse...

Imaginar a natureza a namorar é algo que nunca pensei mas que soou bonito as tuas palavras. Natureza, borboletas, leveza, delicadeza, comunhão perfeita de sentimentos...resultado : paz !
Você deve ser alguém em paz consigo mesma e com o mundo.
Abraço.
Alda

avelaneiraflorida disse...

Querida Fátima,

Quando a Natureza nos permite...estamos com ela e em paz connosco!!!

Que o teu FIM DE SEMANA seja EXCELENTE!

BJKS, AMIGA!!!

Fernanda e Poemas disse...

Olá Fátima, lindo soneto.
Minha querida adorei!!!
Muitos beijinhos e um bom fim de semana.
Fernandinha

Oliver Pickwick disse...

Vida longa aos poetas, Fátima, especialmente àqueles capazes de perceberem o bailado das andorinhas; rios que abraçam o arco-íris; florzinhas que escutam palestras e a natureza a se namorar.
Um beijo, e tenha o melhor dos fins de semana.

Luadosul disse...

Tranparente belleza y tibia primavera...
Muitos beijinhos!

Silent Raven disse...

A natureza em toda a sua pura glória!
Muito belo...

Bom fim de semana...

Artur.S disse...

Belo soneto.

Sailing disse...

Venho de um mar e encontro outro mar... Belas palavras, momentos unicos de beleza que nos enchem a alma.

Parabens

amigona avó e a neta princesa disse...

E ele há coisa melhor que namorar?!!!!!!!!
Beijo...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Porque és uma visitante especial, que deixa nas ideias as suas convicções e o calor humano do respeito e da amizade, deixei-te, no meu blogue, o símbolo do nosso aperto de mão.
Obrigada pela tua presença amiga

C Valente disse...

Bela imagem, bonito poema
sauda�es amigas

Klatuu o embuçado disse...

Um poema num estilo mais que datado.